Teatro nair belo

Inaugurado em 2007 com a estreia do musical “Garota Glamour”, o Teatro Nair Bello faz parte do Grupo Wolf Maya e tem em seu nome uma homenagem à grande atriz brasileira, Nair Bello.

O teatro é famoso por abrigar importantes peças de sucesso como Marlene Dietrich: As pernas do século, La Mamma, A Descida do Monte Morgan, Play, Pop Corn, Admirável Garoto, 12 Homens e Uma Sentença, entre outros, além de shows e musicais.

Com equipamentos de primeira linha que possibilitam a realização de espetáculos completos, suas poltronas possuem visão privilegiada com visibilidade excelente independe do local. Outro diferencial é sua acústica e sala stadium que permite um ambiente mais intimista, com plateia próxima ao palco. O teatro possui 201 lugares, acesso a cadeirantes, palco giratório, infraestrutura para musicais, gride de luz e áudio, além da segurança e conforto por estar localizado dentro do Shopping Frei Caneca.

Informações sobre Espetáculos e Ingressos: (11) 3472-2414.

{Titulo image}
Alair

Peça em Cartaz

Alair

Direção:

 SINOPSE

Em seu apartamento/estúdio em Ipanema, o fotógrafo Alair Gomes recebe um jovem para uma sessão de fotos. O encontro deflagra um turbilhão de lembranças e pensamentos de Alair sobre amor, arte, beleza e morte.

 A MONTAGEM

 “Nesta montagem, prezo pelo essencial, o mínimo necessário para transitar entre distintos planos,  épocas, geografias e lugares por onde Alair passou e viveu, a partir de seu diário-livro, um manifesto homoerótico, cheio de questões a respeito da arte, da convivência e do amor. Uma cena aberta ao humano, revelado a cada digressão, cada arroubo apaixonado ou enfrentamento.”, explica o diretor Cesar Augusto.

 A ação se passa três épocas distintas, anos 50, 80 e 90, através de idas e vindas da memória do personagem-título: nos anos 50, quando Alair, ainda jovem, viveu um intenso amor por um jovem militar; nos anos 80, quando fez a viagem à Europa que viria a se tornar a obra A New Sentimental Journey; e nos anos 90, pouco antes de morrer.

 Os dois atores que acompanham Edwin dão vida a diferentes personagens da história do fotógrafo, e também recriam, ao longo do espetáculo, imagens icônicas de suas fotos - as poses e movimentos dos rapazes captados pela câmera de Alair.

O autor Gustavo Pinheiro pesquisou durante meses as fotos e os diários de Alair Gomes na Biblioteca Nacional: "O Alair teve o cuidado de documentar não apenas todo o seu pensamento intelectual, mas também os pequenos fatos do dia a dia, aparentemente corriqueiros, mas que retratam uma época e uma existência. É um material riquíssimo e que merece ser mais conhecido, por abordar temas ainda atualíssimos, como preconceito e liberdade."

COMEMORANDO 45 ANOS DE CARREIRA

Edwin Luisi, 25 prêmios no teatro, entre eles pelo menos três Prêmios Shell de Melhor Ator (“Freud, no Distante País da Alma“, “Tango, Bolero e Cha Cha Cha” e “Eu Sou Minha Própria Mulher”), alguns tantos APCA, APTR, Moliére e Governador do Estado, depois de 45 anos de carreira, não perde o frescor: “Eu curto demais trabalhar com pessoas mais jovens do que eu, para poder sempre me reciclar. O Cesar Augusto (diretor) é uma pessoa que eu conheço há muitos anos, ele já trabalhou comigo quando estava começando a carreira, e reencontrá-lo depois de tanto tempo é um prazer. E poder trabalhar com dois jovens atores, ao mesmo tempo que eu estou me reciclando, eu estou podendo passar um pouco de experiência para eles. É uma peça instigante, dentro de um gênero mais cultural, e eu me interesso por fazer este tipo de teatro, já fiz várias (peças assim) na minha vida, voltar a estes temas é muito interessante para mim.”

FICHA TÉCNICA
Texto: Gustavo Pinheiro (a partir dos diários de Alair Gomes)
Direção: Cesar Augusto
Assistente de direção: Luisa Pitta
Elenco: Edwin Luisi, Andre Rosa e Raphael Sander
Cenário: Mariana Villas Boas
Figurino:  Ticiana Passos
Iluminação: Tomás Ribas
Trilha Sonora: Rodrigo Marçal
Fotografias em cena: Alair Gomes
Visagismo: Marcio Mello
Fotos: Elisa Mendes
Projeto Gráfico: Gilmar Padrão Jr.
Direção de movimento: Luisa Pitta
Produção e realização: Me Gusta Produções
Assessoria de Imprensa: Adriana Monteiro

SERVIÇO:
ESTREIA PARA CONVIDADOS:  05 de outubro (5ªf) às 21h
ESTREIA PARA PÚBLICO: 06 de outubro (6ªf) às 21h
LOCAL:  Teatro Nair Bello – Shopping Frei Caneca (Rua Frei Caneca, 569 – Consolação / RJ   Tel: (11) 3472-2414 - HORÁRIOS: 6ª e sábado às 21h e domingo às 19h / DURAÇÃO: 65 min  / INGRESSOS: R$80,00 e R$40,00 (meia) / vendas online: www.tudus.com.br / horário bilheteria: 4ª a sábado das 15h às 21h e domingo das 10h às 19h / GÊNERO: drama / CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 14 anos / TEMPORADA: até 05 de novembro (total 15 apresentações)



outras peças
...